Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
BH tem segundo dia de greve de ônibus e passageiros cobram efetivo mínimo nas ruas Profissionais do transporte mantêm greve nesta terça-feira (23).
23/11/2021 09:27 em BH E GRANDE BH

Uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-MG) determina o funcionamento de, no mínimo, 60% da frota durante a greve, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

Os ônibus da capital estão com quantitativo reduzido desde a madrugada de segunda-feira (22), quando o movimento foi iniciado.

Segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), apenas 30,8% das viagens programadas na cidade entre 0h e 6h desta terça-feira foram realizadas. Entre 6h e 7h, esse percentual subiu para 35%.

Entre 6h e 7h, a estação Vilarinho foi a que mais registrou viagens: 54% das que estavam programadas.

De acordo com a BHTrans, por volta das 8h30, apenas a estação Vilarinho estava aberta. As demais foram fechadas por manifestantes.

A estação Barreiro, que recebe, em média, 57 mil passageiros por dia, ficou vazia durante a manhã desta terça, e nenhum veículo passou pelo local.

Na estação Diamante, os ônibus também pararam de circular. Os passageiros formaram uma fila na porta do local à espera do serviço.

No fim da tarde desta segunda-feira, foi realizada uma reunião entre o Sindicato dos Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH), mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT).

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!